Siran
Notícias

18/06/2019- (18/06) Presidente da ABQM visita obras do recinto de Araçatuba


O SIRAN (Sindicato Rural da Alta Noroeste) promoveu nesta segunda-feira (17) uma visita de autoridades e de representantes da diretoria executiva da ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) às obras do complexo esportivo equestre, que está sendo construído no recinto de exposições Clibas de Almeida Prado, em Araçatuba (SP).

Além do presidente da associação, Edilson de Siqueira Varejão Júnior (Cicinho), estiveram presentes o vice-presidente, Emerson Vinicius Oliveira Dias, o superintendente geral, Sérgio Ricardo, a superintendente técnica, Juliana Magalhães, o diretor de Esportes, Henrique Campana, a gerente de Marketing, Selly Sayed, e também autoridades, como o vereador Gilberto Batata Mantovani e o secretário municipal de Governo, Manoel Afonso.

Para o presidente da ABQM, “Araçatuba ainda não tem o maior parque equestre do Brasil porque as obras ainda não foram concluídas. Mas, só de ver tudo o que está sendo feito aqui, não temos dúvida da escolha que fizemos, e tudo o que ele vai abrigar. Trazer os eventos da ABQM para cá foi a realização de um sonho, de um grande projeto”. Ainda, segundo Cicinho, a cidade e toda a região vão ganhar mais visibilidade e investimentos.

O contrato da parceria entre o SIRAN e a ABQM tem prazo de duração de 10 anos. Neste período, o sindicato pretende investir entre R$ 25 milhões e R$ 30 milhões em benfeitorias no recinto, incluindo a construção das três pistas de provas, com 6 mil m2 cada uma (pista 1 – provas de velocidade; pista 2 – provas de laço; pista 3 – rédeas, ranch sorting, team penning, apartação), e de outras três pistas de aquecimento (que também estão em construção), com 3,2 m2, sem cobertura.

A previsão é que as arenas estejam concluídas no início de julho. A expectativa do SIRAN e da ABQM é que a competição de julho, que vai contar com 19 modalidades, reúna cerca de 7 mil inscrições, e aproximadamente 2 mil animais. Em relação ao público, são esperadas 10 mil pessoas por dia de evento. Cálculo da ABQM indica que serão necessários 3 mil leitos da rede hoteleira para acomodar os frequentadores de cada evento. Ainda segundo a associação, o projeto de Araçatuba é o maior da América Latina relacionado a provas equestres.

Visibilidade e comemoração

O presidente do SIRAN, Fábio Brancato, ressaltou a importância dos eventos para atrair ainda mais investimentos para a cidade. “Agora que firmamos essa boa e longa parceria com a ABQM, novas associações já vieram nos procurar, ou seja, já ganhamos mais visibilidade, mesmo com as obras em andamento. Araçatuba volta a despontar no cenário nacional como uma terra fértil para o setor do agronegócio”, disse.

Em agosto deste ano, a ABQM comemora 50 anos de fundação, e pretende celebrar a data justamente no primeiro evento a ser realizado em Araçatuba, em julho. Além desta competição, a entidade realizará em outubro o Potro do Futuro e a Copa dos Campeões e Derby, e, em abril do ano que vem, o Congresso do Cavalo Quarto de Milha.

“É uma realização para nós comemorarmos uma data tão importante, que são os 50 anos da nossa Associação, em um novo espaço, uma nova cidade. Projetadas com ampla modernidade, as pistas de Araçatuba serão referência no país e no mundo, e isso só irá agregar benefícios para a ABQM e a cidade”, completou Cicinho.

O SIRAN

Criado em 25/10/ 1942, O Sindicato Rural da Alta Noroeste foi do pioneirismo dos produtores rurais, responsáveis direto pelo desenvolvimento da cidade e que tinham uma visão do futuro. Inicialmente, o grupo formou a Associação de Invernistas e Criadores da Alta Noroeste, com a finalidade de constituir uma sociedade para a defesa dos interesses da classe, tendo sido então escolhida, por aclamação, a diretoria liderada por Carlos Soares de Castro. De lá para cá, o sindicato vem desenvolvendo um trabalho de união entre os produtores rurais, somando esforços para defender a classe produtiva.

Atualmente, o SIRAN representa produtores de Araçatuba, Santo Antônio do Aracanguá, Guararapes, Nova Luzitânia, Gabriel Monteiro, Gastão Vidigal e Rubiácea. A entidade é uma referência na prestação de serviços para a classe produtiva rural, quer seja na área de assessoria e orientação, bem como de representatividade na luta dos interesses de seus associados.
Fonte: Marcelo Teixeira

Compartilhe:

Cadastre seu e-mail e receba novidades