Siran
Notícias

21/07/2019- Arenas equestres de Araçatuba são elogiadas por competidores e pelo público


Em apenas três meses de obras, trabalho intenso de arquitetura e engenharia, procedimentos administrativos e financeiros – mais de R$ 7 milhões investidos nesta primeira etapa –, e muita expectativa, o maior e mais tecnológico complexo esportivo equestre da América Latina finalmente entrou em operação. Começaram neste sábado e vão até o próximo dia 28, no recinto de exposições Clibas de Almeida Prado, em Araçatuba (SP), as provas do 42º Campeonato Nacional Quarto de Milha.

Classificada pela ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha), organizadora do evento, como a maior edição de sua história, a competição bateu recorde de inscrições: 8.935 conjuntos inscritos (6.586 inscrições pela ABQM; 576 inscrições pela AQHA – American Quarter Horse Association; além de 1.773 de treinos pagos; que serão disputados por 1.322 competidores, montando em 2.218 animais). Tudo por conta da nova estrutura construída em Araçatuba.
 
O presidente do SIRAN, Fábio Brancato, lembra que a concretização do projeto só foi possível graças a parcerias. “Houve um esforço muito grande de todos os envolvidos nesse processo para que essas provas equestres viessem para Araçatuba. Desde a ideia inicial dos criadores de Quarto de Milha, Jamil Buchala Filho e José Macário Perez Pria, ao envolvimento do Dilador Borges, que conseguiu, por meio do deputado estadual Cauê Macris, e do então governador Gerado Alckmin, a doação do recinto ao município, que, por sua vez, o concedeu ao SIRAN. Por fim, o entendimento da ABQM de que Araçatuba era a melhor opção para a realização das suas competições fechou o ciclo”, lembra Brancato.

Estrutura

As novas benfeitorias do recinto ocupam uma área de 200 mil m², o que corresponde a 51 campos de futebol. Três grandes arenas cobertas de provas, com 6 mil m² cada uma, e outras três de aquecimento estão entre as construções. Além delas, foram construídos desembarcadores, lavadores e banheiros; ruas foram pavimentadas em concreto, para a melhor comodidade dos animais, competidores e espectadores.

No total, a obra contou com mais de 400 toneladas de aço, 750 m³ de concreto, 3 mil metros de redes hidráulica, 450 metros de redes de drenagem pluvial e mais de 30 quilômetros de cabos de energia elétrica.

 “Desde o projeto até a execução, sempre tivemos como base as futuras instalações, pois esta obra é apenas a primeira de uma série de outras. Em nossos projetos hidráulico e elétrico, na execução já pensamos e dimensionamos de uma forma seja possível ampliar as redes no futuro. Ou seja, nas próximas fases, não será necessário alterar o que já foi feito”, explica o também engenheiro civil e sócio proprietário da empresa de engenharia que gerenciou as obras, Leandro Amaral.

Avaliação e números

Para o competidor João Paulo Oliveira, que participou das categorias Profissional Sênior e Profissional Light, as pistas de Araçatuba são as melhores por onde ele já passou em mais de 10 anos de carreira. "A logística e a infraestrutura aqui são excelentes. As arenas são de fácil acesso, com cocheiras perto das pistas, o que facilita o manejo. O solo é excelente, leve, equilibrado com a quantidade ideal de areia, o que não exige esforço excessivo dos animais. Tudo ficou perfeito", comenta ele, que no sábado com o garanhão Genuine Red Quynce.

Desde as primeiras provas, logo pela manhã, o público lotou as arquibancadas e ruas do complexo. A dona de casa Sílvia Bortoleti Moreira visitou o recinto com a família e ficou impressionada com o que viu. “Superou muito a minha expectativa. Tá tudo muito estruturado e organizado. Almoçamos aqui, passeamos pelo boque, passamos pelas lojas e vamos acompanhar as provas. Estamos adorando”, disse.

Nos nove dias do Campeonato, a expectativa da ABQM é que sejam movimentados cerca de R$ 32 milhões e gerados 700 empregos diretos. Quase R$ 1,3 milhão será distribuído em premiação aos competidores. A expectativa é atrair mais de 50 mil pessoas ao parque, sendo 5 mil pessoas por dia, de segunda a sexta-feira, e entre 7 e 8 mil pessoas aos sábados e domingos. A entrada e o estacionamento são gratuitos. As provas serão realizadas todos os dias, a partir das 8h até as 19h.

A área comercial terá a participação de aproximadamente 400 empresas – de produtos e insumos relacionados às atividades equestres, moda country, veículos e maquinários agrícolas, entre outros. De acordo com a ABQM, o número de expositores representa um crescimento superior a 150%, além de um aumento de 400% em patrocínios oficiais.
Fonte: Marcelo Teixeira

Compartilhe:

Cadastre seu e-mail e receba novidades