Siran
Notícias

07/11/2019- Complexo Esportivo Equestre de Araçatuba recebe provas da raça Paint Horse


O Complexo Esportivo Equestre de Araçatuba (SP), o maior e mais moderno da América Latina, recebe entre os dias 15 e 17 de novembro, o 20º Campeonato Nacional e 16º Potro do Futuro da ABC Paint (Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo da Raça Paint). 

Para o presidente do SIRAN (Sindicato Rural da Alta Noroeste), Fábio Brancato, a realização dessas competições se deve graças aos investimentos feitos no Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado, como a construção de três grandes arenas e todas as demais obras de infraestrutura, como banheiros, bosque e ruas asfaltadas. “O município vem sendo reconhecido como a nova capital nacional do cavalo e não é à toa. Estamos preparados para receber as principais competições de todas as raças, assim como outros eventos, e os investimentos vão continuar para melhorarmos o local cada vez mais”, afirma. 

As inscrições podem ser feitas no site da associação (www.abcpaint.com.br) ou pelo fone (14) 3236-3000, no Departamento de Esportes, para as provas de Apartação, Baliza, Conformação, Laço de Bezerro, Laço Comprido; Laço em Dupla; Team Penning, Ranch Sorting; Rédeas, Três Tambores; Wester Pleasure, Working Penning , em suas variadas categorias. Ao todo, serão 12 modalidades disputadas em Araçatuba. Segundo a organização, são esperadas cerca de 500 inscrições e 2 mil pessoas por dia de evento no recinto.

Segundo a ABC Paint, Araçatuba foi a localidade que melhor apresentou condições, inclusive jurídicas, para que todas as modalidades pudessem ser executadas no mesmo lugar, sem repetir o ocorrido no ano anterior, onde três estados abrigaram modalidades diferentes do Nacional e do Potro do Futuro, gerando ainda mais custos para a Associação.

A raça Paint Horse

O cavalo da raça Paint Horse possui como característica principal a pelagem pintada, sendo este um dos motivos mais apreciados por criadores e admiradores de todo o mundo. A origem da raça está intimamente relacionada à colonização inglesa na América, sendo o animal resultado do cruzamento do Quarto de Milha, cuja origem está no cruzamento do Puro Sangue Inglês com o chamado Mustang Americano. Atualmente é bastante prestigiado nos EUA, ocupando o terceiro lugar nas melhores raças.

Antigamente, porém, o fato do animal ser pintado não era visto com bons olhos nos EUA. Era inclusive discriminado, sendo que os que tinham manchas brancas maiores de cinco centímetros quadrados no corpo, não podiam reproduzir e eram praticamente eliminados da raça. Com o tempo, os americanos perceberam que tinham um animal de muitas qualidades, como a versatilidade, docilidade para o trabalho, lazer e força para as disputas equestres, sobretudo nas corridas planas, além da pelagem exótica, motivo de centenas de competições em todo o mundo.

Nos EUA a American Paint Horse Association vem ao longo de seus 38 anos desenvolvendo inúmeros métodos de seleção genética, o que vem permitindo um maior desenvolvimento das raças, com animais cada vez mais selecionados. 

No Brasil, o animal é um dos mais importados e sua valorização vem crescendo, fato que proporcionou a criação da ABC Paint (Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Paint), que cresce a cada ano.
 
Fonte: Marcelo Teixeira

Compartilhe:

Cadastre seu e-mail e receba novidades