Siran
Notícias

29/11/2017- Siran anuncia nova diretoria


Fábio Freixo Brancato, engenheiro agrônomo e produtor rural, será o presidente do Siran para o biênio 2018-2019. Atualmente o cargo é ocupado por Marco Antônio Viol. A eleição do sindicato ocorreu no dia 27 de novembro, no entanto, a ata de distribuição de cargos ocorrerá somente em janeiro. Também farão parte da diretoria: Marcelo Abreu Ribeiro, Francisco de Assis Brandão Filho, Arnaldo dos Santos Vieira  Filho, Alexandre Coccapieller Ferreira, Marco Antônio Viol, José Antônio Ribeiro. O conselho fiscal efetivo será composto por Luiz Antônio Pereira de Morais, Fernando Teixeira Lemos e Vilobaldo Peres Junior; como suplentes, Manoel Afonso de Almeida Filho, Carlos Alberto Mestriner e Thomas Arias Neves Rocco. Os delegados representantes efetivos serão Fábio Freixo Brancato, Petrônio Pereira Lima; como suplentes, João Manoel Ribeiro Junqueira de Andrade e João Mário Geralde Passanezi. 

BALANÇO

Marco Antônio Viol entrou no comando do Siran em 2014 e destaca que sua gestão foi participativa e pautada por parcerias. “Busquei gerir sempre envolvendo os outros diretores, para que eles participassem efetivamente de todas as atividades e dessem opiniões. Uma gestão participativa torna o sindicato mais democrático, de maneira que dividimos responsabilidades e sucessos. Também passamos a dar mais apoio aos pequenos e médios produtores rurais, porque enxergamos que o caminho do desenvolvimento passa pelos pequenos negócios”, destaca Viol.

Essa conduta tornou a entidade mais aberta para as participações desse perfil de associado e aproximou mais a associações rurais, motivando e oferecendo apoio, por meio de cursos com a parceria fundamental da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (Faesp) e com o Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Outra característica que marcou a última gestão foi a integração. “Tivemos algumas iniciativas com relação à pecuária. Havia certo desconforto entre o Siran e algumas raças em Araçatuba e promovemos uma aproximação com a ajuda dos diretores, principalmente com os criadores da raça nelore. Também oferecemos mais condições para raças como senepol e brahman, fortalecendo nossa exposição agropecuária. Foi uma gestão de pacificação, integração e parcerias”, resume. 

EXPECTATIVAS

O novo gestor pretende dar continuidade à filosofia de gestão participativa e ressalta as principais novidades para o próximo ano. “Tanto na pecuária, quanto na agricultura falamos muito de tecnologia para produzir mais. Teremos regionalmente um crescimento nesse setor agrícola e, especialmente sobre a cana-de-açúcar, vemos algumas reduções de áreas, sendo substituída por pastagem e outras agriculturas. Outra questão, é que a agricultura de precisão será um marco muito importante e teremos condições de auxiliar muito o produtor em capacitações. Hoje o Siran promove mais de 200 cursos por ano”, diz Brancato.

 O novo gestor também destaca a possível parceria com a Associação Brasileira de Quarto de Milha (ABQM). A pretensão é trazer a Araçatuba os três eventos anuais da entidade, o que promete aumentar o volume de negócios na cidade, consequentemente impactando a economia regional. “Essa parceria surgiu porque estamos no centro de atuação deles, próximo de associados de vários Estados, como Mato Grosso, Goiás e Minas. Também temos uma estrutura muito boa, o acesso à cidade é muito interessante. Em vez de ter um evento grande no ano, teremos quatro: a Expô e os eventos da ABQM. Também há chance de outras raças virem para a cidade. A perspectiva é de atuação em 2019”, explicou. Atualmente, os eventos equestres ocorrem em Avaré.

 

 

 

 *Foto: Emmanuela Zambon 

Fonte: Micheli Amorim / Facilita Conteúdo

Compartilhe:

Cadastre seu e-mail e receba novidades